Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Ator responde críticas homofóbicas sobre personagem em ‘9-1-1’




Oliver Stark quebra o silêncio sobre comentários homofóbicos em ‘9-1-1’

Através do seu Instagram, Oliver Stark quebrou o silêncio sobre os comentários homofóbicos que vem recebendo desde que seu personagem Evan Buckley foi confirmado bissexual na série ‘9-1-1‘.

O ator agradeceu o apoio dos fãs e detonou as reações preconceituosas sobre a sexualidade do seu personagem: “Eu realmente não me importo com a opinião de vocês.” Ele ainda expressou sua gratidão pela forma como a narrativa de Buck está sendo recebida pelos espectadores.

No episódio em questão, Buck se sente enciumado pela crescente amizade entre Eddie (Ryan Guzman) e Tommy Kinard (Lou Ferrigno Jr.), o piloto do LAFD. Ao confessar a Tommy que só queria chamar a atenção, Buck recebe um beijo inesperado, consolidando o que muitos fãs já suspeitavam.

Reações nas redes sociais e celebrações dos fãs

Nas redes sociais, a comunidade de fãs de ‘9-1-1’ está em festa com a revelação. Diversos comentários celebram a nova fase de Buck e expressam a esperança de que isso represente um passo importante para a representatividade LGBTQIA+.

Os fãs compartilharam sua alegria no Twitter, com mensagens como: “ABC recebendo 9-1-1 e fazendo Buck bi dentro de 4 episódios POWER MOVE” e “Fazer Buck bissexual é provavelmente a maior coisa que aconteceu em todo o universo de 911”.

Outros tweets destacaram a importância da representatividade e a emoção de ver Buck finalmente sendo representado como bissexual na série.

Oliver Stark celebra o novo rumo de seu personagem

O ator Oliver Stark, que interpreta Buck, também celebrou a nova fase do personagem em uma postagem misteriosa no Instagram, onde agradeceu o carinho dos fãs e destacou a importância de interpretar Buck ao longo de 100 episódios.

A série ‘9-1-1’, criada por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Tim Minear, continua explorando as vidas de policiais, paramédicos e bombeiros em situações de emergência, enquanto aborda questões de inclusão e representatividade.

O elenco, composto por Angela Bassett, Peter Krause, Jennifer Love Hewitt, Oliver Stark, Aisha Hinds, Kenneth Choi, Ryan Guzman, Corinne Massiah e Gavin McHugh, tem conquistado o público com suas performances emocionantes.


Fonte: https://cinepop.com.br/ator-rebate-comentarios-homofobicos-sobre-a-sexualidade-de-seu-personagem-em-9-1-1-482661/

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →