Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

A posição de Billie Eilish sobre artistas como Taylor Swift e Rolling Stones

Billie Eilish critica artistas por lançamentos excessivos de discos de vinil

A cantora Billie Eilish se manifestou recentemente criticando indiretamente artistas como Taylor Swift e a banda Rolling Stones pela prática de lançar diversas versões de discos de vinil do mesmo álbum. Para a vencedora de dois Oscars de melhor trilha sonora, essa estratégia de marketing é vista como gananciosa e prejudicial ao meio ambiente.

Eilish comparou essa prática a algo semelhante ao que acontece na franquia Jogos Vorazes, de Suzanne Collins, enfatizando que considera um desperdício toda essa produção de embalagens extras para estimular os fãs a comprarem mais. A cantora de 22 anos expressou sua frustração em relação a essa abordagem e destacou a importância da sustentabilidade em sua própria carreira.

Artistas como os Rolling Stones chegaram a lançar 43 versões de vinil do disco Hackney Diamonds em 2023, enquanto Taylor Swift também aderiu à prática em seus lançamentos mais recentes. Eilish, por sua vez, também lançou várias versões de vinil de um mesmo álbum, como foi o caso de Happier Than Ever em 2021, porém, a artista ressaltou o uso de material reciclado em sua produção, diferenciando-se dos demais.

A preocupação ambiental de Billie Eilish se estende a outras áreas de sua vida e carreira, incluindo o uso de energia solar em seus shows, lançamento de poucos itens de merchandising e incentivo ao consumo de alimentos vegetais. A cantora também foi fundamental na decisão da marca de luxo Oscar de la Renta de abandonar o uso de peles em seus desfiles.

Billboard sugere limites aos artistas e a questão da sustentabilidade no mercado musical

Em entrevista à Billboard, Billie Eilish e sua mãe, Maggie Baird, levantaram a questão da responsabilidade dos artistas em relação ao meio ambiente e ao consumo exagerado. Maggie sugeriu que a Billboard imponha limites aos artistas, visto que é uma das principais responsáveis pelas paradas musicais nos Estados Unidos.

A cantora vencedora do Oscar de 2024 pela canção What Was I Made For, trilha sonora do filme Barbie, reforçou seu compromisso com a sustentabilidade e seu descontentamento com a busca excessiva por lucro na indústria musical. Essa postura de Billie Eilish não apenas chama a atenção para a questão ambiental, mas também para a ética e responsabilidade no mercado artístico.

O debate em torno do consumo consciente e da preservação do meio ambiente no universo da música continua ganhando destaque, com artistas influentes como Billie Eilish levantando a bandeira da sustentabilidade e instigando reflexões sobre as práticas da indústria fonográfica.

Fonte: https://veja.abril.com.br/coluna/o-som-e-a-furia/a-critica-de-billie-eilish-a-artistas-como-taylor-swift-e-rolling-stones

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →