Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Boni revela os bastidores da criação da Sessão da Tarde e explica o motivo de seu sucesso na grade da Globo

Sessão da Tarde completa 50 anos de sucesso na grade da Globo

A Sessão da Tarde da Globo celebra 50 anos desde a sua estreia na emissora na próxima segunda-feira (04). O principal responsável por esta atração icônica, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, conhecido como Boni, revelou em entrevista exclusiva ao NaTelinha a importância da sessão de cinema no cotidiano das donas de casa e como ela se tornou um marco na programação televisiva.

A criação da Sessão da Tarde

Boni, que foi o principal executivo da Globo de 1967 a 1998, explicou que a Sessão da Tarde foi pensada como um momento de descanso para as mulheres que estavam ocupadas com as tarefas domésticas. Ele destacou que a qualidade dos filmes exibidos era fundamental e que, mesmo diante da possibilidade de tirar a atração do ar, a decisão foi mantê-la devido ao seu sucesso.

“A Sessão da Tarde, quando era em São Paulo, nós nem pensávamos em fazê-la nacional. Tinha filmes favoritos que eu colocava para reprisar. Exibia, por exemplo, Carta de Uma Desconhecida. Passava o filme e o telefone tocava. O sujeito dizia: ‘Quero ver de novo’. Na Sessão da Tarde a qualidade do produto é o mais importante até que o ineditismo. Os filmes passavam que eram clássicos da Sessão da Tarde porque eram repetidos a pedidos das pessoas”, revelou Boni.

A importância da Sessão da Tarde na programação vespertina

O objetivo da Sessão da Tarde sempre foi oferecer um momento de relaxamento e entretenimento para o público, especialmente para as donas de casa. Boni ressaltou que a escolha dos filmes era feita cuidadosamente, visando atender aos pedidos dos telespectadores e manter a qualidade da programação.

“A Sessão da Tarde no meu pensamento era o seguinte: a mulher acabava de fazer o almoço e quer descansar. Naquele tempo os programas eram culinários e tinha quer ter alguma coisa que ela pudesse assistir passivamente. Não precisasse ficar prestando atenção. A possibilidade de descansar do trabalho que ela fez de manhã. Um repouso, uma pausa para variar. Esse era o objetivo da Sessão da Tarde”, explicou Boni.

Ao longo dos 50 anos de história, a Sessão da Tarde se tornou conhecida por exibir clássicos do cinema, como Free Willy, Curtindo a Vida Adoidado, Flashdance, A Lagoa Azul, Um Príncipe Em Nova York, Ghost: Do Outro Lado Da Vida e Karate Kid. Boni enfatizou que as reprises desses filmes eram uma forma de atender aos pedidos do público e garantir a satisfação dos telespectadores.

Com uma trajetória de sucesso e relevância na TV brasileira, a Sessão da Tarde se mantém como uma das atrações mais queridas pelos espectadores, proporcionando momentos de diversão e nostalgia para todas as gerações que cresceram assistindo aos seus filmes icônicos.

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →