Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Brasil é derrotado pelos Estados Unidos e conquista segundo lugar na Copa Ouro feminina



Horan marca gol da vitória dos Estados Unidos na final da Copa Ouro feminina

EUA vencem Brasil na final da Copa Ouro feminina

Após uma campanha impecável, a seleção brasileira foi derrotada pelos Estados Unidos por 1 a 0, no último domingo, no Snapdragon Stadium, em San Diego, encerrando o sonho do título inédito da Copa Ouro feminina.

Lindsey Horan foi a responsável pelo gol que deu a vitória às norte-americanas, ampliando sua hegemonia na competição, com 10 títulos conquistados. O Canadá fica em segundo lugar, com 2 taças.

A seleção brasileira, treinada por Arthur Elias, perdeu a oportunidade de conquistar seu primeiro troféu sob o comando do técnico, depois de chegar à final com 100% de aproveitamento, com 15 gols marcados e apenas um sofrido.

Com o vice-campeonato, as brasileiras mais uma vez foram derrotadas pelas norte-americanas, repetindo um cenário de 2000, quando os EUA também venceram por 1 a 0.

Detalhes da partida

No primeiro tempo, o Brasil começou melhor, com mais oportunidades no ataque, mas pecou na finalização, indo para o intervalo com o dobro de chutes (6 contra 3), porém sem sucesso nas redes.

Aos 45 minutos, Emily Fox cruzou para Lindsey Horan, que cabeceou para marcar, vencendo a goleira brasileira Antônia e Gabi Portilho.

No segundo tempo, a Seleção Brasileira precisava do empate para levar a decisão para a prorrogação e Arthur Elias fez mudanças na equipe, como a entrada de Debinha e Geyse.

Apesar da pressão, o Brasil não conseguiu furar a defesa norte-americana e acabou derrotado por 1 a 0.

Estreia de Arthur Elias na competição

Anunciado como novo técnico da seleção há 6 meses, Arthur Elias disputou sua primeira competição oficial à frente da equipe, com o próximo desafio sendo o SheBelieves, em abril, com a estreia contra o Canadá em Atlanta, no dia 6.


Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →