Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Diretor afirma que The Grey é uma adaptação pouco fiel do mangá

Parasita The Grey: Nova Série da Netflix

A franquia Parasita é uma das mais duradouras da cultura pop asiática. Iniciada pelo mangá de Hitoshi Iwaaki, publicado entre 1989 e 1994, a saga sobre alienígenas parasitários que invadem a Terra acaba de ganhar uma nova versão, intitulada Parasita: The Grey, produzida pela Netflix. Antes, ela foi adaptada no anime Parasita -The Maxim- (2014-2015) e ainda ganhou dois filmes live-action, dirigidos por Takashi Yamazaki (Godzilla Minus One), lançados no mesmo período.

Adaptação Sul-Coreana com Novos Elementos

O responsável por Parasita: The Grey é Yeon Sang-ho, o talentoso sul-coreano por trás de Invasão Zumbi e Profecia do Inferno – mas o diretor avisou que os fãs podem esperar muitas mudanças em relação à obra original. Yeon afirmou que permitiu que sua imaginação corresse solta, trazendo novos elementos à história baseada no mangá de Hitoshi Iwaaki.

Com um elenco recheado de nomes conhecidos do público do k-drama, como Jeon So-nee (Nossa Juventude Florescente) e Koo Kyo-hwan (D.P. Dog Day), The Grey não se limita a transplantar a história para a Coreia. A série troca o gênero do protagonista, dando a So-nee o papel da jovem que entra em uma relação simbiótica bizarra com seu parasita extraterrestre, além de introduzir elementos como uma força-tarefa policial que caça as criaturas pelo país.

Uma Homenagem ao Original

Todas essas alterações vêm de um lugar de admiração e paixão pelo trabalho original. Yeon, que começou sua carreira em animação e estudou mangás, considera Parasita como uma verdadeira referência. Ele se declara um grande fã da versão original e das adaptações anteriores, trazendo suas próprias conjecturas imaginativas para a nova série.

Parasita: The Grey já está disponível para streaming na Netflix, proporcionando aos fãs da franquia uma experiência renovada e cheia de surpresas.

Este novo capítulo da saga Parasita promete conquistar tanto os fãs mais tradicionais quanto aqueles que buscam uma abordagem inovadora e surpreendente. Com um elenco talentoso e uma narrativa repleta de reviravoltas, Parasita: The Grey promete ser uma nova adição emocionante ao universo da franquia.

Fonte: https://www.omelete.com.br/netflix/parasyte-the-grey-entrevista-fidelidade

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →