Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Explorando o montado em um balão de ar quente em quatro dias

Coruche celebra Festival Internacional de Balonismo

Coruche
21 março 2024 às 07h25
Leitura: 3 min

Os céus de Coruche voltam a encher-se de cor com inúmeros balões de ar quente. O Festival Internacional de Balonismo já é uma tradição e contará com a participação de várias equipas internacionais.

Espera-se um dos melhores festivais de sempre

O Festival Internacional de Balonismo em Coruche é um evento muito aguardado todos os anos. As equipas internacionais estão ansiosas para mostrar as suas habilidades e enchecer o céu com cores vibrantes.

Os espetadores poderão assistir a diversas competições emocionantes, desde corridas de balões até apresentações de acrobacias aéreas. Será sem dúvida um dos melhores festivais de sempre em Coruche.

Impacto económico positivo na região

Além do espetáculo visual que o Festival de Balonismo proporciona, também traz benefícios económicos significativos para a região. Com a chegada de turistas e entusiastas de todo o mundo, a hotelaria e o comércio local são impulsionados.

O comércio de artesanato e produtos locais também ganha destaque durante o festival, com os visitantes a aproveitarem para levar recordações únicas de Coruche para casa.

Compromisso com a segurança em primeiro lugar

A organização do Festival Internacional de Balonismo em Coruche tem como prioridade a segurança de todos os participantes e espectadores. Todas as medidas necessárias estão a ser tomadas para garantir que o evento decorra de forma segura e sem incidentes.

As equipas de resgate estarão prontas para intervir em caso de emergência, e os pilotos dos balões estão devidamente treinados para lidar com qualquer eventualidade que possa surgir durante as competições.

Com tantas atrações emocionantes e o compromisso com a segurança, o Festival Internacional de Balonismo em Coruche promete ser um evento inesquecível para todos os que participarem.

Fonte: https://www.dn.pt/241055176/quatro-dias-para-sobrevoar-o-montado-num-balao-de-ar-quente/

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →