Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Flamengo celebra os 85 anos do rubro-negro Jorge Ben Jor e presta homenagem ao cantor.



Flamengo Honra Jorge Ben Jor com Uniforme de Bruno Henrique

Flamengo

O Flamengo surpreendeu a todos durante um recente jogo ao vestir Bruno Henrique com a camisa de Jorge Ben Jor, em homenagem ao álbum “Ben” de 1972. O famoso cantor brasileiro ficou conhecido por sua música icônica “Fio Maravilha”, que descreve um gol incrível marcado por um ex-atacante em um jogo contra o Benfica no Maracanã.

Uma Homenagem Inesperada

Ao escolher vestir Bruno Henrique com a camisa de Jorge Ben Jor, o Flamengo não apenas prestou uma homenagem ao cantor, mas também recriou um momento emblemático da história do futebol brasileiro. A combinação de música e esporte trouxe uma energia única para a partida e emocionou os fãs presentes no estádio.

A escolha do uniforme de Bruno Henrique como uma representação de Jorge Ben Jor não passou despercebida pelos torcedores e pela imprensa esportiva. A atitude do clube carioca foi vista como uma forma criativa de celebrar a cultura brasileira e de homenagear um ícone da música nacional.

O Legado de “Fio Maravilha”

“Fio Maravilha” tornou-se um hino do futebol brasileiro e uma das músicas mais famosas de Jorge Ben Jor. A canção descreve um momento de genialidade de um jogador, capturando a emoção e a paixão que envolvem o esporte mais popular do país. Ao relembrar esse momento histórico, o Flamengo trouxe à tona a conexão única entre música e futebol.

A homenagem ao álbum “Ben” e à música “Fio Maravilha” não só ressaltou a importância de Jorge Ben Jor para a cultura brasileira, mas também destacou a influência do cantor no cenário esportivo. A escolha do Flamengo de reviver esse momento icônico demonstrou a criatividade e a originalidade do clube em suas ações fora de campo.

Uma Celebração da Cultura Brasileira

Ao unir música e futebol, o Flamengo proporcionou aos torcedores e admiradores uma experiência única e inesquecível. A homenagem a Jorge Ben Jor e ao álbum “Ben” destacou a riqueza da cultura brasileira e a sua capacidade de emocionar e inspirar pessoas de diferentes áreas e gerações.

Com essa iniciativa, o Flamengo mostrou mais uma vez sua paixão pelo Brasil e pelo seu povo, celebrando a arte, a música e o esporte de forma magistral. A homenagem a Jorge Ben Jor será lembrada como um momento especial na história do clube e do futebol brasileiro como um todo.


Fonte: https://ge.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2024/03/22/sou-flamengo-clube-homenageia-rubro-negro-jorge-ben-jor-pelos-85-anos.ghtml

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →