Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Gari brasileiro representa o Brasil em competição mundial de karatê na Europa – CRN1.com.br





Gari Brasileiro Representa o Brasil em Torneio Mundial de Karatê

Gari Brasileiro Representa o Brasil em Torneio Mundial de Karatê

Um gari brasileiro teve uma ascensão meteórica no mundo do karatê, conquistando seu lugar em um prestigiado torneio mundial com menos de 5 anos de treino.

A estreia internacional de Renato Santos

Renato Santos, que trabalha como varredor da Sustentare Saneamento no Distrito Federal, irá representar o Brasil nos dias 21 a 24 de março em dois torneios no Campeonato Mundial de Karatê na Europa. Em uma entrevista ao Só Notícia Boa, ele expressou sua ansiedade e determinação em trazer para casa duas medalhas de ouro.

No próximo dia 17, Renato tem como meta representar o Brasil em solo europeu, competindo em dois torneios importantes: o Open Internacional e o Mundial. Ele concorrerá na categoria verde roxa em ambas as competições.

Uma carreira brilhante em ascensão

Apesar de apenas alguns anos de prática, Renato já acumulou um impressionante total de 31 medalhas e 7 troféus. Entre seus feitos está a conquista da medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Karatê da CNKB.

Ele é líder do ranking de sua categoria pela Federação Brasiliense de Karatê pelo segundo ano consecutivo e vice-líder no ranking da Federação Mineira.

O apoio da empresa e a rotina de treinos

Rennato foi incentivado pelo primo, que faz parte da Seleção Brasileira de Karatê, a começar a treinar. Contando com o patrocínio da empresa onde trabalha, ele superou obstáculos financeiros para participar de competições, incluindo a falta de recursos para equipamentos e viagens.

A Sustentare Saneamento custeou equipamentos, inscrições e despesas de viagem para que ele pudesse se dedicar ao esporte. Mesmo com uma rotina de trabalho como gari, ele treina diariamente na Vitay Life Saúde, que também o patrocina.

O sonho do gari karateca

Apesar do intenso cronograma, Renato não pretende abandonar seu trabalho como gari, um sonho realizado desde a infância. Agora, seu objetivo é se tornar uma referência no karatê brasileiro, levando o nome do país a patamares mais altos no cenário internacional.


Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →