Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Jon Stewart emociona-se no “Daily Show” ao comunicar o falecimento do seu fiel companheiro canino.



Jon Stewart chora a morte de seu cão Dipper

Jon Stewart chora a morte de seu cão Dipper

Jon Stewart ficou emocionado ao relembrar a morte de seu amado cão, Dipper, durante a transmissão do “Daily Show” na segunda-feira. Dipper, que teve uma pata amputada devido a um acidente de carro e foi resgatado de um abrigo quando tinha apenas um ano de idade, faleceu no último domingo. Stewart descreveu Dipper como “o melhor entre os bons meninos”, evidenciando a profunda ligação que tinham.

Uma perda significativa

O apresentador compartilhou que Dipper costumava acompanhá-lo nas gravações do programa, aguardando pacientemente até que tudo terminasse. O cão teve a oportunidade de conhecer diversas personalidades, desde atores e autores até presidentes e reis. De forma descontraída, Stewart mencionou que Dipper conseguiu assustar até mesmo Malala Yousafzai, brincando com a personalidade única do seu fiel companheiro.

Memórias que permanecem vivas

Apesar da tristeza pela perda do seu companheiro de quatro patas, Jon Stewart expressou o desejo de que um dia possa encontrar outro cão que preencha o vazio deixado por Dipper. O apresentador destacou a alegria e a energia que o seu amigo peludo trazia para a sua vida, ressaltando a importância dos laços entre humanos e animais de estimação.

Um tributo emocionante

O vídeo compartilhado durante o programa exibiu momentos especiais entre Jon Stewart e Dipper, reforçando a conexão especial que existia entre os dois. A comoção do apresentador ao falar sobre o seu cão reflete o amor incondicional que os animais de estimação proporcionam aos seus donos, deixando uma marca eterna em seus corações.


Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →