Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Masashi Kishimoto, criador de Naruto, presta homenagem a Akira Toriyama

Homenagem de Kishimoto a Akira Toriyama

Masashi Kishimoto, criador de Naruto, prestou homenagem a Akira Toriyama, responsável por Dragon Ball, após a notícia de seu falecimento aos 68 anos. Em uma carta divulgada pela Shonen Jump, Kishimoto expressou sua gratidão e admiração pelo mestre do mangá, descrevendo-o como um “deus do mangá”.

Influência de Toriyama em Kishimoto

Kishimoto compartilhou em sua carta como as obras de Akira Toriyama marcaram sua vida desde a infância. Ele destacou a importância de Dragon Ball em sua jornada como artista de mangá, afirmando que a obra era um refúgio e uma fonte de inspiração para ele.

Reconhecimento e Gratidão

O criador de Naruto também mencionou seu desejo de seguir os passos de Toriyama e criar trabalhos tão impactantes quanto os do mestre. Ele expressou sua tristeza pela perda e agradeceu a Toriyama por todas as obras divertidas que ele proporcionou ao mundo ao longo dos anos.

H2: Legado de Akira Toriyama

Akira Toriyama deixou um legado duradouro no mundo dos mangás, com obras icônicas como Dragon Ball, Dr. Slump e Sand Land. Além de sua contribuição para o universo dos quadrinhos, Toriyama também participou da criação de games populares como Chrono Trigger e Dragon Quest.

Conclusão

A morte de Akira Toriyama deixou uma lacuna no coração de fãs e colegas, mas seu legado continuará vivo através de suas obras atemporais. Que o mestre descanse em paz e seu impacto perdure por gerações. Fonte: Shonen Jump.

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →