Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

‘Recebendo atenção para manter a sanidade’

Aspectos da carreira de Angélica revelados em novo documentário

Angélica fala sobre parceria com compositores e rotina puxada

Com uma carreira artística desde a infância, a apresentadora Angélica relembrou a rotina exigente que enfrentou quando se tornou cantora ainda na adolescência. Durante sua participação no documentário “Sullivan e Massadas: retratos e canções”, do Globoplay, a artista destacou a importância da parceria com os renomados compositores Michael Sullivan e Paulo Passadas.

A dupla foi responsável por grandes sucessos de artistas como Roberto Carlos e Gal Costa, além de contribuições marcantes no mercado infantil, incluindo hits de Xuxa e Angélica. Segundo Angélica, Sullivan e Massadas sabiam como se comunicar de forma certeira com o público infantil, criando músicas populares e práticas que se tornaram um sucesso nos programas de TV voltados para crianças.

Em meio à sua agitada rotina de gravações, Angélica também ressaltou o apoio que recebeu de Sullivan e Massadas. Mesmo na adolescência e tendo que conciliar sua carreira com os estudos, a apresentadora contava com o carinho, apoio e atenção dos compositores para manter o equilíbrio e não se sobrecarregar.

“Eu passava madrugadas no estúdio, acordava cedo para ir à escola, gravava programas de TV à tarde e ainda tinha shows aos finais de semana. Em meio a tudo isso, eu precisava desse cuidado para que as coisas fluíssem de forma tranquila e eu conseguisse lidar com as pressões da adolescência”, revelou Angélica.

O documentário também trouxe à tona detalhes sobre a trajetória artística da apresentadora, desde seus primeiros passos na música até sua consagração como uma das artistas mais queridas do Brasil. Com imagens inéditas e depoimentos emocionantes, o filme promete encantar os fãs de Angélica e da música brasileira.

Diante de tantas revelações surpreendentes, fica claro que a carreira de Angélica é marcada por talento, dedicação e parcerias valiosas. O documentário é uma oportunidade única de conhecer mais sobre a vida e obra dessa artista multifacetada, que conquistou o coração de milhares de brasileiros ao longo dos anos. Agora, os fãs aguardam ansiosamente para assistir a essa emocionante jornada pela história da música nacional.

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →