Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Tadeu Schmidt repreende atitude de Leidy ao vivo: “Chega!”


Tadeu Schmidt dá bronca ao vivo em Leidy Elin após incidente no BBB 24

O apresentador Tadeu Schmidt não poupou palavras ao repreender a atitude de Leidy Elin no reality show Big Brother Brasil 24. Após a trancista jogar as roupas de Davi na piscina durante uma briga, Tadeu fez questão de deixar claro que esse tipo de comportamento não será tolerado.

Tadeu Schmidt censura atitude de Leidy Elin

Em um contato ao vivo com a casa, Tadeu iniciou reprovando a ação de Leidy: “Nós chegamos no limite. O que a Leidy fez não pode se repetir. As vinganças que Davi ameaçou fazer poderiam passar do limite. Basta, ta bom?”. O apresentador enfatizou a importância de manter o respeito e evitar excessos.
“Ninguém espera que vocês vivam em paz como em uma colônia de férias. As discussões e conflitos são parte do jogo, mas tudo tem limite. Esse não é o BBB que ninguém quer ver”, acrescentou Tadeu, reforçando a necessidade de frear possíveis atitudes extremas dos participantes.

Comparação com Pedro Bial

A postura de Tadeu foi comparada à do ex-apresentador do programa, Pedro Bial, que enfrentou uma situação semelhante no BBB 2. Assim como Bial precisou intervir em um episódio de desrespeito às regras, Tadeu mostrou firmeza ao garantir que o programa mantenha sua integridade.
Em tempos de tensões acirradas na casa do BBB 24, a intervenção de Tadeu Schmidt serviu como um lembrete de que, mesmo em um ambiente de competição e conflitos, é fundamental manter o respeito e a cordialidade entre os participantes.

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →