Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Viúva de Canisso relembra a morte do músico: “É um sentimento estranho e doloroso”

Adriana Vilhena homenageia Canisso em suas redes sociais

Nesta quarta-feira, 13 de março, Adriana Vilhena fez uma emocionante homenagem ao seu falecido marido, o músico Canisso, nas redes sociais. O baixista dos Raimundos faleceu aos 57 anos de idade, vítima de complicações de uma queda causada por um desmaio.

Uma homenagem especial

Adriana compartilhou uma mensagem tocante, destacando o legado deixado por Canisso e o impacto positivo que ele teve na vida das pessoas ao seu redor. Ela ressaltou a importância da educação e amor que ele transmitia, deixando um legado de cuidado e atenção a todos que o cercavam.

“1 ano sem Canisso, ainda faltam muitos fotos aqui, mas é mais uma pequena homenagem a ele e seu legado. O que vivemos juntos é algo que faz muito sentido em relação a deixar nossa marca, desde o namoro até os filhos. Ele era assim… Dava sempre uma atenção especial a cada um que se aproximava”, escreveu Adriana.

A viúva também expressou a dor de não poder mais compartilhar momentos e trocar ideias com Canisso, ressaltando a saudade e o vazio deixado por sua partida.

O legado de Canisso

O ex-vocalista dos Raimundos, Rodolfo Abrantes, também prestou uma homenagem ao baixista, ressaltando sua importância e o impacto de sua presença. Rodolfo destacou a necessidade de aproveitar o tempo e planejar o futuro, seguindo o exemplo deixado por Canisso.

Adriana Vilhena encerrou sua mensagem reiterando a importância de manter vivo o legado e a memória de Canisso, convidando outros a compartilharem fotos e lembranças do músico.

Os filhos de Canisso também se manifestaram, expressando seu amor incondicional pelo pai e lamentando sua partida. Em meio a essa dor, a família e amigos buscam conforto e inspiração no legado deixado por Canisso.

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →