Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Após dirigir ‘Aniquilação’ e ‘Guerra Civil’, Alex Garland revela que perdeu o amor pelo cinema e vai se aposentar

Aclamado cineasta Alex Garland se afasta da direção após lançamento do suspense ‘Guerra Civil’

Em uma entrevista ao The Guardian, o renomado cineasta Alex Garland, conhecido por filmes como ‘Aniquilação’, revelou que não pretende voltar a dirigir no futuro próximo. Após o lançamento do suspense ‘Guerra Civil’, estrelado por Wagner Moura e Kirsten Dunst, Garland planeja se afastar da cadeira de direção.

O cineasta comentou que a pressão de entregar um trabalho confiável o levou a perder o brilho e o amor pela arte cinematográfica. Embora ainda ame filmes, Garland sente que a pressão de contar com a confiança do público tornou o processo de direção desgastante.

Com o lançamento internacional marcado para o dia 12 de abril, Garland afirmou que pretende se dedicar a outros projetos fora da direção. O filme ‘Guerra Civil’ tem previsão de estreia nos cinemas nacionais para o dia 18 de abril.

Garland também fez uma reflexão sobre seu filme ‘Ex_Machina’, destacando a importância de lidar com sensibilidades delicadas, como a nudez, de forma respeitosa.

O elenco de ‘Guerra Civil’ conta com Cailee Spaeny, Stephen McKinley Henderson, Jesse Plemmons e Nick Offerman, ao lado de Wagner Moura e Kirsten Dunst. O filme promete envolver o público em uma trama de sobrevivência em meio a uma guerra civil nos Estados Unidos.

Com críticas positivas até o momento, o longa conquistou 88% de aprovação no Rotten Tomatoes. Os críticos destacam as cenas perturbadoras e a visão impactante da incerteza diante de uma nação em crise.

Em resumo, ‘Guerra Civil’ promete ser um dos filmes mais tensos e viscerais do ano, levantando questões sobre a humanidade e as instituições em tempos de crise. A performance de Kirsten Dunst é destacada como um dos pontos altos da produção.

Com uma abordagem provocativa e perturbadora, ‘Guerra Civil’ promete proporcionar uma experiência cinematográfica intensa e inesquecível para o público.

Fonte: https://cinepop.com.br/apos-os-otimos-aniquilacao-e-guerra-civil-alex-garland-revela-que-perdeu-o-amor-por-dirigir-filmes-e-vai-se-aposentar-481325/

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →