Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

‘Godzilla vs Kong: Prepare-se para o novo filme do MonsterVerse assistindo isso antes’






Monstros Gigantes Dominam o Cinema: Godzilla e Kong

Monstros Gigantes Dominam o Cinema: Godzilla e Kong

Godzilla e Kong: O Novo Império chega aos cinemas nesta quinta-feira para marcar o aniversário de 70 anos do Godzilla e os 10 anos do MonsterVerse. É o ápice de uma década de sucesso para a Legendary, conquistando seu espaço com monstros gigantes num universo cinematográfico sólido.

O Sucesso do MonsterVerse

O MonsterVerse estabeleceu uma relação única com o público, fazendo a transição da ficção científica para a fantasia com empolgação. A saga ganhou popularidade ao abraçar a “galhofa” e agora chega ao auge com Godzilla e Kong: O Novo Império.

Agora, com o lançamento do filme, os fãs podem aproveitar para rever as produções do universo ou dar uma chance aos trailers promocionais para entrar no clima da nova história.

Maratona Recomendada

Se quiser se preparar assistindo o mínimo possível, o CinePOP sugere começar com Kong: A Ilha da Caveira. O filme explora a origem do gorila Kong e sua ligação com a Ilha da Caveira. Em seguida, assista Godzilla vs Kong, onde o conceito da “Terra Oca” é introduzido e a batalha entre os monstros atinge o ápice.

Agora, pronto para Godzilla e Kong: O Novo Império, você estará por dentro de toda a mitologia do MonsterVerse. Aproveite a experiência cinematográfica e embarque nessa aventura épica!


Fonte: https://cinepop.com.br/godzilla-e-kong-o-novo-imperio-o-que-assistir-antes-do-novo-filme-do-monsterverse-480737/

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →