Assine nossa newsletter para se manter atualizado com dicas, notícias e promoções.

Por que a 2ª temporada de ‘The Good Place’ se destaca como uma das MELHORES neste ano

‘The Good Place’ – O Sucesso da Segunda Temporada

‘T’

Em 2016, os fãs de comédias e programas originais foram presenteados com a série ‘The Good Place’, que trouxe uma nova visão do pós-vida de forma equilibrada entre comédia e tragédia. A renovação da série pela NBC em parceria com a Netflix foi uma excelente notícia para os espectadores.

A segunda temporada de ‘The Good Place’ continua a história de Eleanor e sua jornada no afterlife, enfrentando novos desafios e descobrindo mais sobre o “Lugar Ruim” disfarçado como “Lugar Bom”. O showrunner Michael Schur nos presenteia com uma nova perspectiva, explorando o lado humano do demônio-arquiteto Michael.

Os personagens principais, como Eleanor, Chidi, Tahani e Jason, continuam a se desenvolver de maneiras inesperadas, criando laços e enfrentando obstáculos juntos. A série aborda questões tabu com leveza e humor, levando os espectadores a refletir sobre a vida e a morte.

Novas Adições e Reviravoltas

Nesta temporada, destacam-se a volta de D’Arcy Carden como Janet e a adição de Maya Rudolph como a juíza Gen. Janet traz irreverência e problemas no sistema, tornando-se uma fonte de comédia, enquanto Gen representa a solenidade e a incerteza em suas decisões.

‘The Good Place’ mergulha em temas filosóficos e religiosos, explorando diferentes visões do além-vida e desafiando os personagens a enfrentarem suas próprias crenças e ações. O season finale é aplaudível e deixa os espectadores ansiosos pela próxima temporada.

Fonte: https://cinepop.com.br/por-que-a-2a-temporada-de-the-good-place-e-uma-das-melhores-recentes-467045/

Facebook
Twitter
Email
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Parecidos

Zahy Tentehar, atriz, cantora, ativista e artista visual, homenageia suas raízes indígenas em ‘Falas da Terra’

Artista indígena Zahy Tentehar e sua jornada para representatividade na cultura Muita coisa aconteceu na vida de Zahy Tentehar, desde que ela veio para o Rio de Janeiro aos 19 anos “tentar a sorte”. Nascida na aldeia Colônia, no território indígena Cana Brava, no Maranhão, a atriz, cantora e ativista hoje com 34 anos, apresenta

Leia Mais →